Por Carol Souza Lima, em 5/02/2017, 9:00 pm

Ainda sobre os Arranjos Altos … pseudos vilões

Pois é. Eles sofrem. Sempre, aqui e ali, falam mal dele.


A verdade é que as pessoas tem uma certa implicância com os arranjos altos. Acham que eles estão fora de moda, que já se foi o tempo deles, que não se usa mais. E a todo custo, quase sempre, as noivas querem os coitados bem longe das mesas de convidados. E agora, até da mesa de doces.


Claro que isso não é uma regra. E muitas noivas ainda amam a fartura, a beleza e a lindeza que eles são. Porque eles são mesmo IMENSOS e uma obra de arte, colocar ali, flor a flor e num passe de mágica (ou nem tanto…rs) surgir algo feito da mistura de diversas espécies florais, numa composição linda e harmônica.



Mas, voltando… as noivas tendem a querer abominá-lo e já chegam falando que “Nao querem arranjo alto”.


Na maioria dos casos, eu respeito e não colocamos. No entanto, em alguns, é meu dever informar as clientes que eles tem um papel bem importante.


Quando temos um evento de dia, em um lugar verde, florido, bonito por natureza, literalmente, eles, de fato, não fazem falta. Podemos trabalhar numa boa com arranjos baixinhos, minimalistas, coisas simples, garrafinhas ou até os modelos mais gordinhos.


Mas, qdo estamos diante de um salão mais vazio, mais formal, com paredes para todo lado, e muitas vezes um pé direito caprichado, os arranjos altos fazem bastante diferença na decoração.


Imaginem assim: quando as pessoas chegarem , circularem e se acomodarem nas cadeiras, elas ficam maiores do que os arranjos baixos. Ou seja, mesmo que tenhamos mtas flores, infinitas, nas mesas, mas em arranjos de 20 cm , 30 cm de altura, as flores desaparecerão já que os convidados as tampam, quando sentam ou circulam.



Já o arranjo alto tem o seu valor (tadinho) porque ainda assim, mesmo quando a festa inteira resolver ficar de pé, eles ainda aparecerão e o mais importante, farão um efeito de preencher o espaço, o pé direito mais alto será complementado, e ainda assim você terá DECORAÇÂO, flores, efeito, visíveis. Olha so!



Então, pelo post anterior e por esses, o trauma dos arranjos altos fica abolido. hahahahaha Combinado?


A gente usa quando quiser, quando o cliente gostar, quando ele for valorizado, para a alegria de todos.





Beijocas
Carol
contato@carolinasouzalima.com